O Jensen Daily é um site de origem portuguesa que se destina a informar os fãs do Jensen Ackles de todo o mundo. Jensen Ross Ackles é um ator norte americano de 38 anos que se tornou conhecido com a sua personagem Dean Winchester na série da The CW, Supernatural. O Jensen deu os seus primeiros passos no mundo da moda e já teve alguns projetos no mundo do cinema, teatro e música. Estando há 7 anos online, o nosso site conta com diversas páginas dedicadas ao ator e aos seus fãs. Disfruta de toda a informação e deixa o teu comentário. Obrigada.

Review Oficial 7.17 – The Born-Again Identity

Olá leitores! Há algumas reviews atrás eu havia falado sobre a teoria do retorno de certo personagem… Vocês se lembram? Pois então, é deste ponto que quero começar…

Finalmente foi ao ar na TV Norte Americana The Born-Again Identity, 17º episódio –talvez uns dos mais esperado dessa temporada – de Supernatural.
E eis que com gosto nós recebemos um episódio inteirinho de bom conteúdo e ótima exploração. Trazendo Castiel de volta em uma maneira impecável, e comprovando minha teoria de que eles iam o introduzir exatamente pra desconectá-lo de novo apenas de uma maneira mais digna ao personagem.
O lado positivo de o termos de volta mesmo que por um episódio foi a ligação extraordinária que ele teve com relação ao problema de Sam.
Vale destacar também Meg, que foi amavelmente necessária pra um final que com certeza fez arrancar vários emoções do fã. Não teve, de maneira alguma, como não se sentir emocionado com aquele final.

Bem, graças ao novo pequeno-grande Anjo, Sam esta livre de suas enfermidades. O que nos permite acreditar que, um dia quem sabe, Cas possa voltar. Afinal, ele está vivo!
Porém, o maior herói deste episódio não foi Castiel… Mas Dean. Por sua inacreditável e impenetrável fidelidade e insistência quando se trata de seu irmão.
Não existe barreras para o mais velho quando mesmo que o diagnóstico diga todo o contrário. Fato, que não me canso de repetir em todas as resenhas, Dean sempre vai estar lá pro Sam. Até o dia de seu último suspiro. E eu acredito que essa é a única maneira pela qual ele morreria em paz.

Episódios como esse poderiam chegar a nós mais vezes, porque quando os escritores querem, eles cumprem. Não só porque o episódio trazia um dos personagens coadjuvantes mais queridos, mas porque existe história sim pra poder fazer isso funcionar. E mesmo com todo o drama –ao modo Supernatural – estabelecido nesse capítulo, o fantasma da semana estava lá. Talvez ele fosse até apenas uma característica para lembrar-nos do que de fato, se tratava.

Quero ressaltar e pedir aplausos para atuação esplêndida e mais do que digna de Mark Pellegrino… Não existe Lúcifer melhor que este! (Me perdoem a frase de duplo sentido…haha) E elogiar a expressão dura, ao mesmo tempo emotiva que Jensen obteve em todas as cenas que seu personagem estava com Castiel. E eu não poderia, é claro, esquecer-me da Jared… Que mesmo enfrentando um Sam ‘louco e psicótico’ conseguia demonstrar a essência que marcou seu personagem. Aquele olhar jamais duro, nunca cheio de problemas… Mas a mirada inocente de Sam.

Então é isso galera… Esse episódio me deixou animada! Deixem seus comentários! Eu espero ver vocês sexta-feira que vem! Até o 7.18 – Party On, Garth, que terá mais uma vez a presença estranhamente desengonçada e agradável de DJ Qualls no que parece ser um episódio mais comediante… Até!

28/Mar/2012 Erika Accioly 0 comentários
Review Oficial, , ,

Posts relacionados

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.