O Jensen Daily é um site de origem portuguesa que se destina a informar os fãs do Jensen Ackles de todo o mundo. Jensen Ross Ackles é um ator norte americano de 38 anos que se tornou conhecido com a sua personagem Dean Winchester na série da The CW, Supernatural. O Jensen deu os seus primeiros passos no mundo da moda e já teve alguns projetos no mundo do cinema, teatro e música. Estando há 7 anos online, o nosso site conta com diversas páginas dedicadas ao ator e aos seus fãs. Disfruta de toda a informação e deixa o teu comentário. Obrigada.

Review Oficial 9.07 – Bad Boys

“I wanna be a rock star but I also really like cars”

Preparados para mais um daqueles episódios patrocinados pela Kleenex? O que foi esse episódio? Acho que a pergunta certa é como sobreviver após a um episódio como esse? Parabéns aos envolvidos, vocês fizeram um dos episódios mais bem construídos depois da época Kripke! Até o cospobre de Dean Winchester se deu bem!

Bad Boys foi um filler que veio para acalentar os corações dos fans “old school” da série. A mistura de cenas de suspense com as emotivas, deu-se o clima das primeiras temporadas da série. Ver os meninos cavando túmulos e depois salgar e botar fogo no caixão de alguém… ê saudades season1! Como todo começo de seriado, alguém morre e dessa vez o carinha foi estraçalhado pelo trator ambulante. Sam não encontra ninguém no bunker e resolve fazer uma das coisas que ele mais gosta; ler. Contudo, seu momento de deleite é interrompido por um telefonema de alguém procurando “D-DAWG”. Dean, que apareceu atrás dele, arranca o telefone da mão do irmão pra falar no telefone com um cara chamado Sonny – Cher, cadê você? BADUMTSS -. Dean dá uma breve explicação sobre como conheceu Sonny e eu me recuso a acreditar que ele perdeu o dinheiro da comida em um jogo de cartas. Ele só tinha 16 anos! Aliás, esse episódio foi pra cravar de vez o quão merda John Winchester foi como pai.

Os irmãos chegam no local e mesmo depois de anos, Dean ainda tenta salvar a memória do pai ao afirmar que nada daquilo foi culpa do pai e sim do Dean porque ele perdeu o dinheiro. – WHAT? -. Então eles entram no “reformatório” e meu acesso de raiva começa ao olhar pro ator que escalaram para fazer Dean com 16 anos. Como colocam um ator SEM SARDAS, COM OLHOS CASTANHOS ESCUROS E SOBRANCELHAS DE FAZER INVEJA A CLAUDIA OHANA pra fazer Dean Winchester, meu pai do céu? E mais, em todas as cenas que o Dylan Everett apareceu como Dean, somente em DUAS ele está com o samulet (cordão que o Sam dá pro irmão quando eles eram pirralhos). Admito que ele interpretou muito bem o Dean, mas isso se deve ao laboratorio que ele fez (assitiu 5 temporadas em 1 semana) e a direção de Kevin Parks. Há uma grande diferença entre você interpretar o personagem e você ser o personagem. Dylan interpreta, Ridge Canipe e Brock Kelly são Dean Winchester. Entendo que Brock Kelly – DW com 18 anos – esteja ocupado como regular em Ravenswood, mas o Ridge Canipe (Dean pirralinho) não. Mas ok, vamos seguir em frente com esse cospobre de Dean Winchester. No primeiro flashback, Dean deixa o policial com raiva e faz ele ir embora deixando-o algemado. Ao que Sonny vai tirar as algemas, ele percebe o quão machucados os braços do menino estão. Dean dá a desculpa de que foi um lobisomem mas aí paramos para fazer uma breve análise se é verdade. Na segunda temporada em Heart, Dean diz a Sam que ainda não tinha visto um lobisomem ainda e no episódio The Dark Side of the Moon, Dean deixou claro que John era abusivo com os meninos (nos comic books de Supernatural, também há cenas abusivas).  Das duas uma: Ou foi mais um erro de continuidade – esse episódio ta cheio – ou o John meteu a porrada no filho, o que parece ser o mais certo.  Brace youselves, não disse que esse episódio veio para acabar com a (pouca) imagem de bom pai do John?

Dean encontra Sonny que explica porque o chamou para dar uma olhada na casa. Dean pede que Sam confira a casa enquanto ele vai ao celeiro. Primeiro momento awn do episódio – acredite, terão VARIOS – foi quando Sam encontra a cama de Dean e parece cair a ficha que seu irmão ficou naquele lugar como castigo. Até porque, né John Winchester, porque não deixar o filho mais velho largado por aí? Pra que ensino médio escolar não é mesmo? Com o velho EMF em mãos, Dean encontra o pequeno Timmy no celeiro e conversa com ele sobre o que aconteceu na noite anterior. Podem falar o que quiser, mas toda cena que tenha Dean com crianças é tão linda! O que antes era “Kids are the best” só para se dar bem com mães, se tornou um genuíno “give me your best kung fu panda shake”. E você ainda acha que o personagem não tem character development? REVEJA seus conceitos em Supernatural, querido/a.

Salt and burn está de volta, bitches!!! Deus! Nem sei qual foi a última vez que vi esses dois cavando sepultura juntos e fazendo churrasco de restos mortais! Sam conversa com Ruth, a governanta religiosa da fazenda, que conta a história da casa e diz que um dos antigos donos prometeu se vingar do carinha que morreu no começo do episódio. Então, Sam e Dean partiram para o cemitério a fim de salgar e queimar os ossos de Howard. A única coisa que ficou faltando foi o Zippo do Dean pra botar fogo em alto estilo. Mas ok, um mero detalhe.

Dean faz questão de ir em um certo restaurante na cidade e então percebemos o porque. Mais um flashback é mostrado e FEELS com o cosplay do Dean vestido com a camisa do Zeppelin e o samulet no pescoço. Aliás o que não são FEELS com esse episódio? Tá loco! Sonny diz a Dean que ele tem amigos, está indo bem na escola e entrou para um time de luta livre… o que 1 mês com um PAI de verdade não faz? E pra piorar minha situação emotiva, ainda diz a ele que está orgulhoso. A cara que o Dean faz ao ouvir aquilo é totalmente de quem não ouve aquelas palavras faz muito tempo ou provavelmente nunca ouviu. – inserte seu gif de feels aqui -. Sonny descobre sobre o ‘ocultismo’ na vida de Dean e conversa com ele sobre isso, até ser interrompido por Robin, uma conhecida de Sonny e garçonete da lanchonete. Voltando a época atual, Dean conversa com Robin, que continua na lanchonete, tentando fazer ela lembrar dele e a moça fala na lata que não lembra dele. Lógico, quem lembraria? Com 16 anos ele era uma pessoa TOTALMENTE DIFERENTE do que é agora, é lógico que ela não lembraria dele :B

Sonny liga para Dean e conta que a governanta da casa foi pro brejo também. Os dois irmãos voltam para fazenda e o mais velho decide conversar com os pirralhos enquanto o caçula vai investigar os registros dos ex-empregados do local. Robin chega para dar aula de violão para Timmy, mas momentos antes, um dos meninos perdeu a mão no cortador de grama e uma mão em decomposição toca o ombro deTimmy que está no alto da janela vendo tudo acontecer. Investigando as fichas dos moradores do local, Sam faz uma ponte entre Timmy e as mortes. Sam vai para o celeiro e Dean vai atrás de Timmy, porém encontra Robin na casa se preparando para dar aula pro menino. Mais um flashback e esse é pra matar John Winchester duas vezes. Quem, QUEM, imaginou que Dean Winchester, considerado um dos melhores hunters dos EUA, não queria seguir os passos do pai e que na verdade ele queria ser mecânico? Eu imagino o que Mary o pito que a Mary daria no John se ela encontrasse com ele. Robin ver Dean falar com brilho nos olhos sobre carros e então toma a dianteira e rouba um beijo de Dean que reage do jeito mais inesperado que alguém poderia ter. Desculpa, mas eu não compro essa reação. Não dá pra acreditar que 2 anos a menos de After School Special, aquele Dean que estava dando um amasso na Amanda dentro do armário, reagiria daquele jeito há 2 anos atrás. E de acordo com o roteirista, não foi o primeiro beijo dele.

De volta para o plano presente, Dean tenta tirar Robin da sala e pede para que ela confie nele. Ela, então, pergunta porque deveria confiar nele de novo. A expressão dele muda na hora! Mas ele pega Robin pelo braço e é surpreendido por Timmy pedindo desculpas. Assim que o menino aparece, os objetos começam a ser jogados em cima deles e eles vão pra cozinha. Sam conversa com Timmy e quer saber mais sobre a história dele. Após o pequeno contar sobre como a mãe dele morreu, Sam tenta pegar o boneco que ele carrega mas é jogado na parede por um spectro. Dean, com um cabo de ferro em mãos, espanta o fantasma e eu vibro na cadeira porque isso é tão old school! Dean tenta acabar com o espírito da mãe do menino jogndo o boneco no fogão, porém é em vão. 9 temporadas e eles continuam fazendo círculo de sal em frente a janela aberta, né brincadeira não… Sam percebe que quem segura o espírito na terra é o próprio muleque – THIS BOY IS ON FIIIIIIIIREEEE!

Sam conversa com Timmy enquanto Robin dá uma de louca e tenta sair da casa, mas é surpreendida pelo spectro. Ao perceber o que o hunter está querendo fazer, o espírito ataca Sam e logo depois Dean que vem correndo pra salvar o irmão. Dean convence o menino a fazer a mãe ir embora, com uma frase que pode ter duplo sentido. Ele diz que as vezes as pessoas precisam fazer coisas para si, mesmo que tenha que machucar aqueles que a pessoa ame. Alguém ainda lembra do Zeke? Pois é…E palmas para a equipe dos efeitos! Que cena fodastica essa da transformação da mãe do Timmy!

Após as despedidas, Sam pergunta para Dean porque ele foi embora dali se ele fora tão feliz no lugar. Dean mente e diz que não era para ele. E o último flashback aparece. Se você não se emocionou em nenhuma hora, está na hora de pegar o rolo de papel higiênico porque esse último foi patrocinado pela Kleenex! Dean se arruma para o seu primeiro baile da escola da vida. Sonny entra e diz que o pai dele está esperando lá embaixo. Dean, se segurando para não chorar, dá uma última olhada na foto que ele mantinha presa no seu armário; o próprio abraçado com Robin, aos 16 anos. Sonny diz que se ele decidir ficar, arranja briga com John e defenderia Dean. E então, a pergunta que Sam fez ao irmão é respondida e ai eu alago o meu quarto. Não que isso seria uma surpresa, mas o jeito que a cena foi dirigida nos pega em cheio. O sorriso que o Dean expressa ao ver o irmão, pirralho, brincando com um avião sentado no Impala, aproveitando a infância que ele próprio, Dean, não teve, é uma das cenas mais lindas já feitas em Supernatural. Se eles colocassem um ator com as feições parecidas e/ou as características físicas do Dean quando ele tivesse 16 anos, esse episódio com certeza estaria no meu top 5. Dean abandonou a vida que ele sempre quis para poder dar a infância que ele não teve para o irmão. É por isso que eu mato e morro por Dean Winchester e não aceito que ninguém fale mal dele. Você não teve que crescer com 4 anos de idade e abdicar da sua infância. Sim, eu sou DeanGirl com orgulho e esse episódio foi muito pro meu pobre coraçãozinho.

Pra fechar com chave de ouro, Sam entende o porque Dean saiu dali e agradece o irmão por tudo o que o mais velho fez por ele. WOW! Levaram-se 30 anos, para Sam falar isso. Antes tarde do que nunca né? Dean escuta atentamente o irmão falar e sua expressão, um  misto de angústia, alívio e dor, estava estampado no rosto, fazendo o bichinho segurar as lágrimas. Mas, como sempre, ele engole e finge que nada aconteceu. Muito prazer, esse é Dean Winchester.

Review feita por Tatz, newsposter do VSA-Oficial e Jensendaily.

23/Nov/2013 Tatiana Aguiar 0 comentários
Review Oficial, , ,

Posts relacionados

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.