O Jensen Daily é um site de origem portuguesa que se destina a informar os fãs do Jensen Ackles de todo o mundo. Jensen Ross Ackles é um ator norte americano de 38 anos que se tornou conhecido com a sua personagem Dean Winchester na série da The CW, Supernatural. O Jensen deu os seus primeiros passos no mundo da moda e já teve alguns projetos no mundo do cinema, teatro e música. Estando há 7 anos online, o nosso site conta com diversas páginas dedicadas ao ator e aos seus fãs. Disfruta de toda a informação e deixa o teu comentário. Obrigada.

Review Oficial 9.08 – Rock and a Hard Place

“Congratulations Sam and Dean Winchester. You are both virgins”

Essa semana, Supernatural apresenta um episódio mais engraçado do que a semana passada e mais light, muito mais, do que o esporro que virá na semana que vem com a finale da Mid Season. Muitas pessoas não gostam de episódios filler, os conhecidos enchedores de linguíça, eu já os considero interessantes para construção de uma temporada. Confesso que às vezes enchem o saco, mas alguns são interessantes para a construção do personagem x ou y ou trazem a presença dos saudosos personagens (ou atores no caso de Shut Up, Dr Phill e da minha linda e maravilhosa Genevieve Padalecki, em French Mistake) que por algum motivo, não viram regulares para a série. Dependendo de como o episódio for bem escrito, um filler pode virar um dos melhores episódios da série – FRENCH MISTAKE FEELINGS.

Nas primeiras cenas desse episódio eu me vi vendo o remake de Sexta Feira 13 (sim, aquele com o Jared) ou qualquer filme tosco de terror com adolescentes/College!people. Aquela pobre menina indefesa correndo e tropeçando e deixando cair a chave debaixo do carro e berrando e… Don’t. Pó parar que I know What You Did Last Summer só presta pra mim quando é o episódio da 4ª temporada.Só dou um desconto para a Jennie, roteirista do episódio, porque esse é o primeiro script da série. E então. o time de vfx entra em ação ao reproduzir na nossa tela ALGO com uma luz estranha azul, não sei bem oque é aquilo. Anyway. A cena antes do título só foi salva por causa deles.

Na cozinha, Sam dorme em cima da mesa com a tigela de cereal ao seu lado. É essa vida pós trials não tá faceo pra ninguém. Dean aparece na cozinha e eu achando que ele iria fazer alguma merdisse com o irmão, mas nada. Só retribui o carinho como o irmão acorda ele (batendo com livros), jogando uma outra tigela na mesa perto de Sam. Quanto amor fraternal! Só eu achei que coisa MAIS ADORAVEL ver esses dois, que caçam tudo que é coisa estranha, comendo cereal que nem criança? AWN! O mais velho recebe uma ligação da Sheriff mais linda de Sioux falls, extinguindo a dúvida se Crowley tinha matado ou não Jody Mills. A Sheriff trouxe um caso até eles e os dois partem para Carolina do Sul imediatamente.

Dean e Sam chegam ao local e se encontram com Jody que conta o caso para os meninos. Sam e Dean acham que pode ser algum outro anjo procurando por receptáculos quando Mills fala sobre as vítimas serem da igreja e se espanta quando eles falam sobre anjos. Eu tinha completamente esquecido que ela não sabia sobre Castiel e os outros Flying Monkeys… o que não é difícil, já que ela conheceu Crowley que foi atrás dela seguindo os livros.Sendo que a Sheriff só aparece pela primeira vez na 5ª temporada e os livros só vão até o fim da terceira. Whatever. Jody chama a testemunha que conta o que viu e eles descartam a possibilidade de anjos. Então os irmãos partem para outro plano, se filiarem a igreja das vítimas.

Ao se filiarem, Dean e Sam perguntam sobre as vítimas pra administradora da igreja. Ela fala sobre o grupo de castidade da Igreja e Sam nao vê outra escolha a não ser entrar no grupo. Apartir de agora, os irmãos Winchester voltam a ser virgens aos olhos de Deus. Os irmãos vão ao primeiro encontro dos virgens anônimos e contam o porque buscaram o novo caminho. Sam fala primeiro e diz que seus relacionamentos não acabaram bem. Em outras palavras “meu pipi é amaldiçoado” e ainda bem que ele sabe disso. Já Dean… ah Dean… Dean resolveu descrever sabiamente sobre como é ter uma relação sexual. Não sei vocês, mas eu jurei que Dean Winchester está tão compenetrado no geek world que até fan fictions ele começou a escrever, pq olha.. By the way, alguém aqui percebeu que desde que a Suzy falou na reunião, Dean já deu umas olhadas nela? É pois é, anyway.

Após a reunião, Dean acha que conhece Suzy de algum lugar e vai atrás dela enquanto Sam faz o trabalho de campo. O mais velho, aproveita a deixa de Suzy sobre os livros do voto e acompanha a menina até a casa dela,depois de se certificar que Sam tem tudo sobre controle sobre o caso. O caçula chega no motel onde estão e encontra Sheriff Mills que conclui sobre o padrão das vítimas e Sam risca os dragões da lista.

Bem, chegamos no ponto da polêmica do episódio. Alguns acham que Dean forçou a menina ter ficado com ele e isso não vai de encontro ao character development dele. Outros acham que é besteira e que o povo está sendo dramático demais. Será? Dean chega com Suzy e desde o momento que ele pôs os olhos nela – no grupo da castidade – ele a desejava. Na casa dela não foi diferente. Gostaria de saber qual é o problema de uma pessoa achar a outra atraente e ir atras dela pra “cercar o terreno”? Aonde que isso influi para acabar com a construção do personagem? OK, prosseguindo. Quando Dean acende uma vela para dar um clima mais romântico a situação, Suzy chora pensando em seus amigos que desapareceram e pede para que Dean se junte a ela para rezar. Você vê claramente que Dean desiste da ideia de ter algo com ela. Depois da choradeira, Suzy pega alguns livros e entrega eles a Dean. Dude, a atuação do Jensen é um cheque-mate nessa cena. Quando a menina pega mais outros livros no armário baixo, a expressão que ele faz é de total tentação e ele desvia o olhar. Suzy vai se recompor no banheiro e Dean mexe no que não deveria mexer. Sim, isso foi a única coisa que eu achei errado ele fazer, mas não chega a comprometer o character development dele. O irmão mais velho atende a ligação do caçula e diz que achou algo grande, o que o Sam também diz que achou. Contudo, Sam está falando de trabalho e Dean de pootaria dos dvds da Casa Erotica com a Suzy na capa que ele achou em uma das gavetas dela. Suzy volta e Dean desliga o telefone nervoso tentando colocar os dvds de volta na gaveta mas não consegue. E então, aquela fantasia todo de menino/adolescente aparece em Dean, piscando sem parar, gaguejando… By the way, eu já disse o quanto eu amo a atuação de Jensen? Ele interpreta não só no rosto, mas com o corpo inteiro. Quando é surpreendido por Suzy, Dean se vira para ela e trança as pernas – perceberam isso? É, pois é -. Ele começa a dar em cima descaradamente na menina, que até tenta se segurar dizendo que mudou de nome e de personalidade, mas c’mon! O corpo/expressões falam por você. Suzy olha pra baixo, evitando olhar Dean quando falou sobre mudar de vida. Vergonha? Uma coisa é certa, quem está bem resolvida e não se deixa levar por qualquer cantada, estaria confiante em dizer que mudou de vida e não abaixaria cabeça ao falar sobre a mudança. Como parte da cantada, Dean elogia a menina, diz que ela é um sonho e a expressão de Suzy muda, como se a muito tempo ela não ouvisse elogios por ser ela mesma. Dean Winchester parece uma criança na noite de natal quando elogia ela sobre as coisas que ela podia fazer. Um menino preso no corpo de um homem, prestes a realizar uma de suas fantasias sexuais. Depois de tantos elogios vindo daquele homem M A R A V I L H O S O, realmente muito atraente, Suzy vai até ele, provocando-o ao falar em espanhol e OLÉ! Newsflash pessoal! Dean gosta de sexo! Não importa se ele passou 1 temporada sem pegar ninguém ou se deu o fora na menina em Trial and Error – ao que eu me lembre tinha um hellhound a solta naquela hora -. Algumas pessoas estão levando essa questão tão a sério que chegam a falar de estupro. WAIT, WUT? Quem nunca aqui teve uma recaída? “Não vou entrar na internet essa semana porque tenho que estudar”, “esse ano eu vou estudar muito no começo pra não ter que me preocupar com nota”, “hoje eu termino essa maratona de 5 séries!”. É a MESMA coisa. Suzy teve uma recaída e por favor, não vamos culpar a menina. O que você faria se aquele homem estivesse na sua frente e querendo ficar com você? Vamos deixar a hipocrisia de lado e relaxar, por favor! O fato é, toda vez que Sam, Dean ou Castiel tem uma cena mais caliente com alguém, o povo chia. Ano passado, foi o Sam com a Amelia, esse ano já tivemos a mesma semana de merda depois de I’m No Angel e agora a cena de sexo com o Dean. Acorda!! Personagem fictício NÃO EXISTE na realidade, deixa de ser retardada e para de falar que tem ciúmes deles e que ninguém pode encostar em nenhum dos três! Em suma, se ela realmente queria deixar o passado, porque guardar 2 dvds da época que ela dizia que foi horrível? Uma das primeiras coisas que você faz para se desapegar do passado/de alguém é jogar fora o que você não quer mais. #JustThinkAboutIt ;)

Honor, a menina do começo do episódio está presa num local e, com ajudar do seu teaser, ela consegue achar uma lamparina e acendê-la. Ao iluminar o local, Honor se depara com os outros desaparecidos. Uma intensa chama de luz azul apareceu e levou o Pastor da igreja. Sam percebe que há alguma coisa de errado com Dean, alertando Jody sobre o fato e os dois vão até a casa de Suzy para encontrá-los. Pra finalizar com a questão da roteirista ter acabado com o character development ou não do Dean, Suzy admite para o Winchester que realmente sentiu falta daquilo, ou seja… – *inserindo um gif de IN YOUR FACE aqui* -.

No lugar onde estão os desaparecidos, as vítimas deliram de fome e sede enquanto ouvem alguém se aproximar de onde estão. Honor e os outros dois chegam mais perto e veem Dean e Suzy no chão. Dean tenta achar um jeito de sair daquele lugar, mas a escotilha por onde entraram está trancada. O único menino, além de Dean, diz que tem uma saída de ar do outro lado quando Suzy pergunta se eles vão morrer sufocados. Trabalhando juntos, Jody e Sam descobre que Dean esteve com Suzy e vão atras de mais pistas sobre o que possa ter pego eles. Após muita pesquisa, Jody descobre sobre uma Deusa Romana e suas características batem com o que anda acontecendo em Hartford. Dean consegue algum sinal naquele porão – com certeza não é da TIM – e consegue ligar para o irmão. Sam ouve o barulho do trem e procura por essa pista para tentar achar o local, pois a ligação foi cortada e ele não conseguiu ouvir Dean.

Sam e Jody descobrem o local e como matar a Deusa, porém precisam de um pedaço de carvalho embebido em sangue de virgem. Eles vão até a moça loca dos biscoitos e, com um toque especial a lá Anderson Silva de Mills, eles consegue o sangue da virgem. Procurando algo estranho, Sam vê a tampa de um alçapão e grita por Jody para ela ajudá-lo. Com os gritos, Dean corre e avisa o irmão que tá ali embaixo. Ao tentar abrir, Sam é jogado com força para longe do alçapão. Jody corre para levantar o caçula dos Winchesters mas é presa pela Deusa Romana que era a administradora da igreja. Tentando distraí-la, Jody conversa com a Deusa para saber sobre seu plano. Dean acha uma alguns parafusos no alçapão e, com a ajuda de um kit de primeiros socorros, ele consegue desparafusá-lo. Jody, mesmo presa, tenta acertar a Deusa com o pedaço de Carvalho, mas é em vão. Sam tenta salvar Jody e eu não entendi direito até agora o que ele tentou fazer. Não entendi porque ele empurrou a Deusa pra frente, sendo que ela tava em cima da Jody e com o pedaço de pau na mão. Anyway, a partir dai foi só de “eita”, “já era”, “ferrou” pra baixo com o que a Deusa falou sobre Sam. Aliás, não é a primeira vez que uma Deusa Romana descobre quem é o verdadeiro Sam Winchester. Na 6ª temporada, a Deusa Romana da Verdade, falou sobre Sam estar sem alma. Essa, a do episódio da semana, comentou sobre como Sam está por dentro, apenas se segurando por alfinetes. O que leva a crer que Zeke não tá fazendo trabalho nenhum dentro dele.

A última cena do episódio foi de roer todas as unhas da mão pra esperar o episódio da Mid Season. Jody se despede dos dois e vai embora. Sam senta na cama e se pega pensando se tem alguma coisa errada com ele – SHIT IS GONNA HAPPEN -, Dean tenta tirar da cabeça dele, mas cada vez mais Sam está confiante de que tem algo de muito ruim com ele depois dos trials. Só piorou com o que a Vesta disse pra ele sobre ele está quase morto por dentro. Dean não aguenta mais segurar a barra que tá passando com Sam e, com as últimas palavras que o irmão disse, ele resolve abrir o jogo. Quando Dean diz a Sam que a culpa não é dele, o zafado, zemvergonha do zeke aparece e diz a Dean que Sam não está pronto. Dean diz que ele merece saber a verdade, mas o zekidaputa se ‘desliga’ e Sam volta a ser só Sam. O caçula pergunta a Dean porque não é culpa dele e Dean não consegue dizer a verdade e diz que simplesmente não é e pede pra Sam ter um pouco de fé. A O N D E que ferraram com o Character development do Winchester mais velho? Dean Winchester NUNCA acreditou em fé e agora, 9 temporadas, ele pede pro irmão ter fé. Quem costumava falar isso era Sam pro Dean, lembram? Faith, 1ª temporada? Pois então. Episódio filler mas que no fim adiantou a angústia que vamos passar no próximo episódio.

Review feita por Tatz, newsposter do VSA-Oficial e Jensendaily.

1/Dez/2013 Tatiana Aguiar 0 comentários
Review Oficial, , ,

Posts relacionados

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.